top of page
  • Foto do escritorRubria Liliane

CORALINE E O MUNDO SECRETO - A REALIDADE DA NEGLIGÊNCIA E O AMADURECIMENTO PRECOCE

Atualizado: 1 de abr.


Coraline e o Mundo Secreto

Só pra começar, eu amo a trilha sonora do filme Coraline, que por sinal foi feita pelo francês Bruno Coulais.


Já começo dizendo que, na minha opinião, esse filme não é uma animação infantil, apesar da linguagem limpa e cenas não violentas. Pode ser visto por crianças em idade que já tenham maturidade para entender o real significado.


O filme Coraline e o Mundo Secreto é baseado no livro do autor britânico Neil Gaiman, e foi publicado em 2002 no Reino Unido e Estados Unidos, no Brasil em 2009. Na época ganhou o prêmio Hugo e Nebula Award de melhor livro dos anos 2000 e o Bram Stoker Award de melhor trabalho de novos escritores de 2002.


O filme é uma arte em stop-motion, foi feita pelo estadunidense Henry Selick, e teve o apoio de 500 pessoas. Para se ter uma ideia, as fotografias para o filme duraram 18 meses para ficarem prontas.


O filme conta a história dos 2 mundos paralelos da personagem Coraline.


Um mundo é chato em sua visão, onde a mãe não tem tempo para cozinhar e nem tempo para ela, o seu pai também só pensa em trabalhar, e onde o mundo é cinzento e ranzinza. E ao se mudar com os pais para uma nova casa, Coraline descobre uma porta secreta, ao abri-la, entra para um mundo cheio dos seus desejos realizados. Neste segundo mundo, os pais de Coraline são legais, o seu quarto é incrível, o jardim é mágico, o circo tem animais dançantes, o mundo é mais colorido.

Coraline começa a viver de dia com um mundo, e a noite, no segundo mundo mágico.


Coraline descobrindo o mundo secreto

O inusitado é que no segundo mundo as pessoas têm olhos de botões, como uma costura. Além do mais, no dia que se mudou, recebeu de presente uma boneca com sua aparência e olhos de botões.


Coraline começa viver seus sonhos no segundo mundo de fantasias, até que ela percebe que tem alguma errada. A segunda mãe é na verdade um ser mau e egoísta, a atraiu com as coisas das quais ela sentia necessidade, e agora queria roubar sua vida.


Essa obra também foi, curiosamente, inspirada na obra da autora Lucy Clifford, que por volta de 1882 lançou contos com o objetivo de ganhar algum dinheiro extra após ficar viúva. Um desses contos era, A Nova Mãe.


O LADO OBSCURO DO FILME CORALINE E O MUNDO SECRETO


Coraline e o Mundo Secreto

Uma perspectiva que o filme traz, é sobre como uma criança enxerga o mundo, as responsabilidades que elas acham ter, e como isso pode impactar a sua vida e a vida da família.


Uma criança pode ser atraída pela ilusão do que ela imagina ser uma vida perfeita, colocando sua vulnerabilidade em evidência.


Uma outra perspectiva, é que no mundo de uma criança, ela tem suas próprias responsabilidades, seus próprios desafios, e suas próprios aprendizados para viver, tornando uma fase importante da formação de sua visão de mundo.


O que as crianças enxergam são mundos totalmente diferentes do mundo adulto.


O mundo mágico de Coraline, foi onde ela conheceu e entendeu que a vida pode ser hostil, onde ela entende que a maldade existe, mas também aprende os valores da vida, aprende sobre lealdade e sobre acreditar no bem comum.


As crianças que a Coraline salva no final, são crianças que morreram acreditando que também poderiam viver essa vida perfeita criada em sua própria imaginação. Foram vítimas de seu próprio mundo, e foram exploradas por essa vulnerabilidade.


Uma parte do filme muito importante, e que retrata bem o sentido deste artigo, é a cena das almas das crianças, onde elas pedem que Coraline encontre os olhos deles, e aí teriam liberdade. A simbologia que essa cena retrata é bem forte, sobre a busca pela justiça das vítimas, e que só assim elas descansariam em paz.


O filme se passa, e os pais de Coraline nunca souberam o que lhe aconteceu. Evidenciando a negligência familiar.


Fica também a dúvida, se Coraline de fato viveu aquele mundo, ou apenas o criou em sua imaginação após um sonho, pois ela não gostava de nada no mundo real.


ESTÉTICA DO FILME CORALINE


A estética do filme de Coraline e o Mundo Secreto me lembra os filmes de Tim Burton. Um mundo frio, acinzentado e gótico. Sempre acho que filmes com essa estética do Burton, despertam algo dentro de nós.


O filme de Coraline tem essa vibe, esse tom gótico. É impactante e psicológico. Não é um filme para crianças.


Mesmo após anos o filme é atual, expressa medo e se você compreende o que ele significa em seu todo, o que os detalhes trazem, a estética do filme te apavora ainda mais, as cores mechem com o seu psicológico.


Não é somente o tom acinzentado que te chama atenção, mas no momento que as coisas começam a dar errado pra Coraline, você observa tudo mudar, o chão fica cinza, as flores viram carnívoras, a lua fica verde e em forma de botão. O mundo criado pelo monstro começa a se transformar em algo perverso, cheio de dor e perseguição.


Coraline e o Mundo Secreto é um alerta atual, e enquanto houver negligência e perigos para o mundo das nossas crianças, sempre haverá um monstro oferecendo um mundo perfeito.

 

 

Kommentare

Mit 0 von 5 Sternen bewertet.
Noch keine Ratings

Rating hinzufügen
bottom of page